Animados. Literalmente.

A Marvel/Disney tá jogando pra tudo que é lado. Além dos filmes que trazem uma enxurrada de produtos e canecas, parece que a casa das idéias resolveu apostar em animes. Algo como Matrix e Supernatural que ganharam suas versões nipônicas (Sem esquecer Turma da Mônica, haha). O que pega é que não ficou muito legal. Homem de Ferro e Wolverine (Duas das sensações adolescentes) tentam embarcar na aura oriental, mas parecem ficar devendo. Ao meu ver quem vê um anime que tem destruição massiva de planetas não se contenta com um anime de uma traje de ferro sendo testado no monte Fuji. Mas fica aí a dica para quem gosta da coisa (Hmmm…)

Anime sem gritinho não é anime.

Toma Rumo Guri!!