RM – Meteoros na Russia

Muito se falou a respeito do meteoro que caiu na Rússia, há quem diga que era apenas o Seiya disparando seu mais famoso golpe. Porém muito rolou pela rede montagens dizendo que eram apenas os Saiyajins chegando ou mesmo o Clark de Smallville. Bem, aproveitando a onda eu lembrei de uma história clássica do azulão e fiz uma montagem tosca e afoita para celebrar. Então fiquem com o vídeo…

E com a montagem tosca…

E aí, se você tivesse lá na hora não teria pensado que o mundo acabou pra ti? A coisa tá russa… =Pp


Toma Rumo Guri!!

TRG Disseca Lost – Parte III

E aí, como tamos? Pessoal, o ano finalmente começou (Carnéia se foi, e na Carnéia não se faz guerra…) e com isso eu lembro que março está próximo e com isso as postagens de verão cessarão. Tranquilizo-vos que terminarei a análise apurada desse seriado durante o tempo que for incluindo aí adentrar o ano nas nossas colunas anuais. Espero que estejam gostando, pois essa série foi um marco para o mundo nerd. Enfim, tenho que agilizar esse guia pela ilha porque estou avançando nos episódios mais rápido que os analiso. Enfim, previously in Lost…

1×07 – Moth
Locke começa a tomar gosto pelo respeito do grupo e começa a dar sermão em todos que pode, junte aí Charlie. O careca mais misterioso da TV depois do Kojac arma uma lição para o garoto da banda de um hit só incentivando-lhe a abandonar as drogas por sua própria força de vontade. Sayid continua sua busca por localizar o sinal da mulher misteriosa.

1×08 -Confidence Man 
Mais um episódio dos bons. Todos que geram conflitos entre os principais “mocinhos” geram tendencia a escolhermos nossos lados e nossos próprios heróis. Shanon tem uma crise de asma e todos apontam o dedo indicador para o bandido por voto popular, Sawyer. Interessante que na verdade ele não tinha roubado o que Jack procurava, mas só sossegou depois de Saiyd torturá-lo (sentindo-se mal depois a ponto de se auto-banir da presença dos amigos) e de ganhar um beijo da Kate, no seu melhor estilo cafa, é claro. No seu expurgo o iraquiano resolve explorar a ilha. Detalhe que o Sawyer começa a ter seu lado humano explorado desde aqui fazendo dele um dos personagens mais queridos da trama. Meu, inclusive
.

1×09 – Solitary
Sayid finalmente acha a mulher cuja transmissão repete-se por 15 anos a fio e ela parece, bem, louca… Isso foi o mais importante do episódio, o resto é a respeito de um campo de… Golfe!?

1×10 – Raised by Another
A casa caiu. Os Outros são reais. Estão manifestados na figura de Ethan, um homem que não estava na viagem de Sidney para Los Angeles, como Hurley muito bem descobriu através de seu censo.Ele se mostra um cara duro de abater e traz um clima tenso para o seriado roubando o bebê da Claire. Se todos Os Outros fossem como esse cara começa se mostrando ser a trupe de Jack teria muitos problemas mesmo tendo até soldados treinados como Sayid a seu lado. E isso faz a série esquentar que é correr pra ver o próximo episódio…

1×11 – All the Best Cowboys Have Daddy Issues
Charlie e Claire são sequestrados e Jack fica possesso como sempre… Mas ele leva a senhora surra de sua vida. Como disse antes alguns dos The Others são muito bem treinados. Ele avisa Jack que iria matar uma pessoa a cada tanto tempo se continuassem lhe perseguindo… Bem, ele é mesmo um homem de palavra…

1×12 – Whatever the Case May Be
Charlie é resgatado com vida, no episódio anterior ainda, e está carregando um mundo de culpas. Enquanto isso Kate e Sawyer se divertem em um riacho e acabam encontrando uma maleta que Kate parece ter muito interesse. No final das contas tinham quatro pistolas e um aviãozinho de brinquedo… WTF!!

1×13 – Hearts and Minds 
Esse é um episódio meio chato, Boone começa a questionar seu guru Locke sobre a escotilha – Ah, é, esqueci de comentar. Acharam uma escotilha no meio da selva e que terá toda uma importância para o enredo… – e que os habitantes da ilha começam a desconfiar deles. Bem, John começa a se mostrar um cara de duas caras na minha opinião…

Bem, eras isso por hoje. Eu quero dar uma acelerada no Guia de Lost para chegar logo a 2ª temporada que é a que estou assistindo novamente e que é onde os mistérios tomam o nível mothafuck total. Então aguardem que se eu puder haverá ainda mais 2 atualizações dessa coluna ainda essa semana. Beijo tia.

Toma Rumo Guri!!

Fantasia Nerd – Resenha XXX: STAR WARS

Algum tempo atrás em uma galáxia muito, mas muitooo distante… Eu pensei: Por que não fazer uma resenha dessas paródias pornôs com temática nerd? É, me ferrei legal. Mas a ideia é bacana do ponto de vista do, bem, do bizarro em última circunstancias. O mercado de covers de filmes de cultura pop para o gênero adulto virou um filão de ouro o que nos faz pensar que realmente somos um grande público consumidor. O TRG então resolveu testar (e será que aprovar?) os filmezinhos de putaria holywoodiana para ver se realmente dá tesão essas tentativas de fantasias nerds.

ATENÇÃO: Esse post tem linguajar chulo e bobagento, não continue se você é de menor ou não é sangue bom, sacou? Obrigado pela atenção u.u
Há muito tempo atrás em uma película muito distante… de ser boa!! Puta que pariu, XXX Star Wars é a pior coisa que você pode assistir se quiser brincar com o Catatau. Eles não só fizeram um filme chato com cenas imensas de geme e chora como ainda conseguiram transformar as tarices nerds em cenas muito escrotas.O filme até que começa bem com as piadinhas e com o anuncio do nome: Capítulo IV, um novo buraco, huhu…

Não, isso não pode ser chamada de Léia, pqp.

Porém começa a putaria e o filme cai em um fosso de lama que faz até o Seinfeld ou o Jim Carrey ficarem deprimido. Poxa, o que posso dizer… A primeira cena do rala e rola sideral é com o Darth “eu sou sua garrafa de Coca-Cola” Vader fazendo a princesa Léia fake fazer um bola gato. Caraca, essa foi a pior encarnação de Leia que eu já vi na vida. E olha que na Comic-Con o que mais tem é piranhuda ou filipina com esse cosplay. Enfim, é horrível demais. Pela primeira vez na vida eu broxaria com esse ícone da minha adolescência. A Léia, não o Vader… A garota não tem a cara da personagem, não é bonita e nem ao menos tem um corpo legal, daí no fim você fica lá vendo ela toda aberta com um gargumilho caído tão feio e um ânus tão arrombado que você se distrai contando estrias na vagabete das estrelas.

Essa é a única gatinha do filme, acreditem

Mais historietas e vem uma cena com as escravas do deserto. Essa cena apesar de o ator que faz o Obi-Wan ser tirado de cena e entrar um dublê de pinto pequeno, é a melhor cena de secksiu do filme todo, nã oque seja um mérito já que todas as cenas despidas são uma bosta. Seja como for se você não está assistindo pela curiosidade, mas sim pela bronha esses são seus minutos dourados. A garota é bem bonita, mas o excesso de mesma cena com os mesmos gemidos que parecem um lamúrio acabam explodindo a cena, e esses chororô sexuais são repetidos a exaustão pelo resto do filme. É muito chato todas as cenas de ação porque ficam horas como caricaturas lascivas.
Daí rola uma cena de periguetes no bar e depois tem a cena com o Chewbacca. E rapaz, é uma das coisas mais bizarras que tem. Pra começar a cara que o Chew faz quando duas Storm Soldiers  chuchucas vem pra cima dele e daí ele… Enfim, quero nem lembrar.
Para terminar um menage entre Leia, Han Solo e Luke que é deprimente, ainda mais quando, sim, ele atira primeiro. Sacou? Eca!

Storm Tropers são peitudas, mas feias de cara.

Ou seja, XXX Star Wars é a pior coisa que você pode assistir mesmo sendo um fã da franquia. Faltou identificação, eles at´aproximaram algumas coisas como trechos e frases (Han atirou primeiro), mas não tinha o espírito original da série e com certeza uma princesa Leia bonita teria ajudá-do bem mais…
Espero achar algum que valha a pena seja pelas risadas ou pela satisfação nerd, huhu


Toma Rumo Guri!!

Meia Noite e outros mortos

Bate o pendulo e marca Meia-Noite. Pronto, bastou isso para os mortos se levantarem…

Mais uma coluna de verão começando que se emplacar continua o ano todo. Quinta-Feira vai ser noite de falar de Terro, Horror e outras macabrices. Porém isso é só o começo, a ponta do iceberg. Essa coluna vai ser apenas uma versão light do que to preparando, um site sobre o sobrenatural da ficção em todas suas formas. Então aguardem pelo melhor… Ou nesse caso, pelo pior, Mwhauhauauhaahua… Ok, parei.

“As coisas normais tendem a ser mais apavorantes do que o sobrenatural. Desses já esperamos o pior, agora da naturalidade simplesmente a subestimamos.” Saul.

“Este lugar humano cria monstros desumanos…”

Toma Rumo Guri!!

Guru do Amor – Couro Velho que te quero pra Tambor e UFOS

Saudações femininas, dr. Choo Pisco. Tenho 30 anos e sou secxualmente altiva. Posso já não ser tão joven cmo fui no passado, mas tenho aainda uma potensia secxual que é de dar inveza em muita garotinha de 18. Minha pergunta é como manter essa energia secxual e o que a idade poderá acarretar na minhas experiensia secxual daqui pra frente. ps. Não quero deixar de ser desezada pelos homems. Me ajjuda dr. Choo!!!!

Priscila Dainha – Morro das Mongas, BA.

Brotoeja dos meus anos dourados, agradeço seu e-mail e sinto sua preocupação latente como uma perseguida estimulada a despeito de sua idade. Isso é um traço comum nas mulheres que ousam ultrapassar a faixa das 30 primaveras flamejantes com uma vida sexual ativa. Porém você, sem saber, deu a chave para seu problema… Já jogaste Super Mario Bros? Certamente já, contando que você é uma quase velhaca quarentona. Então… No jogo você pode pegar uma flor de fogo e aí é bola de fogo pra cá, bola de fogo pra lá… Parece até que a Nintendo comprou um barracão de baile funk. E aí que lhe digo que você tem uma flor de fogo no meio das pernas, queimando em brasa, como o magma do centro da Terra cujas crostas são seus amontoados de anos e rugas. Agora que você sabe – é importante criar essa consciência, saber de onde tirar a energia bucetal – que tem essa arma na periquita, uma quase Fênix, é necessário fazer-se ver no alto do desejo de algum encanador – sugiro que trepe em um andaime vestindo saia jeans sem calcinha – e logo aparecerá um bigodudo para se escafurdar no seu flamor.
Quanto aos perigos da idade realmente alguns cuidados básicos devem ser tomados visto que o visual vale mais que a energia empregada. Mas o dr. Choo Pisco tem valiosas dicas que ele costuma dar (ui!) na revista semanal “Bu#$%*a Doce”, como na matéria “Dicas para não embarangar essas pernas de sereia”. Aí vão algumas sugestões da reportagem cuidadosamente extraídas como faria um depilador ao se deparar com um ânus cabeludo:
3 – Faça exercícios matinais com sua área íntima. As rugas lá embaixo são piores do que as que aparecem no canto da boca de seu avô hipoglicêmico, portanto extravase ficando nua na frente do espelho, colocando botas brancas tipo Xuxa e fazendo um agachamento cantando uma música do Fábio Júnior. É tiro e queda.
2 –  Não coma Chokito naqueles dias especiais que vai rolar anal. Amendoim é perigoso!
1 – Não deixe seu mamilo amarronzar. Não há nada como tetas bonitas sendo comidas por uma nesga escurecida como se fosse um biscoito de grife. CUIDADO: NÃO DEIXE SUAS TETCHAS TEREM DUAS NEGRESCOS. Se chegar a esse nível, acabou para você.

Dedo molhado no seu coração, fofa.

Caro, Choo. Tenho 46 anos e a istoria que eu conto procê é a verdadi pura e nua. Sou do interiô desse Brasiu de meu Senhor e sou um trabaiadô esforsado e todo dia tô na roça no batenti pezado. Contece que prómeu divertimento eu saio di noite com minha motoquinha e dou umas voltas locas pela pasto adentrando a selva que nosso paíz é tão elogiado. Contece que uma noite deças eu vi uma luz muito luminosa que me ofuscô a retina. Quando vi estava dentro de um disco voadô. ET’s com cabeça de Lango-Lango me falaram que era preu buscar o conhesimento e quando me devolveram pra mata foi o que eu fis. Por anos espero o retorno desses amigos do céu. Se um dia eles voltarem mesmo o que devo fazer?

Toniolo Barraco – Capiroca do Sertão, MG.

Pede pros aliens fazer um Chupisco gostoso e cuidado com a sonda anal.

Continuem acompanhando a coluna do dr. Choo e podem mandar suas
perguntas para o tomarumoguri@gmail.com que encaminharemos para o Cafofo
do Amor dele. Ui!

Toma Rumo Guri!!

TRG disseca LOST – Parte II

Opa. Estamos perdidos, mas o TRG está em pplaca de neon, hã? Entendeu? u.u
Sem perder tempo vamos a um resuminho da semana. Detalhe, o importante é comentar dos mistérios então vou pincelar e no próximo post já tentar comoçar a varrer as conjecturas de uma maneira mais dinâmica, certo? Okay…

1×03 – Tabula Rasa
Episódio baseado na queridinha Kate (dizem que Evangeline é um pé na sacoleta na vida real). O agente que estava com ela está indo dessa para uma melhor e enquanto o Jack médico fodão está tentando curá-lo (coisa impossível, há fuselagem dentro do seu organismo…) a verdade da Sardenta vai vindo a tona e não é nada bonita, diferente de sua face. Nesse episódio os flashbacks começam a ganhar mais força e ficam mais rebuscados. O FB de Kate mostra ela em fuga por Sidney e quando trabalha para um senhor bondoso, mais interesseiro acaba sendo traída e capturada. Sayid e os outros retornam com a notícia que há um rádio-transmissor na ilha (que eles encontraram transmitindo uma mensagem em loop por 15 anos). Sawyer começa a ficar mais e mais folgado se tornando um parasita aos olhos dos sobreviventes e do próprio público. Ah, e Michael vê os peitinhos da Sun. Parece pouco, mas rapaz, ele logo vai pagar por isso inconscientemente. Saywer se aproxima mais de Kate, embora não ganhe empatia nenhuma. Locke começa a ganhar a atenção sendo um cara no mínimo exótico; Sawyer e Sayid mostram-se dispostos a não serem inimigos, o que pro conceito de série em geral é ótimo.

1×04 – Walkabout
Locke aqui.  A atenção do episódio é pro careca mais controverso das telinhas. Um javali selvagem invade o acampamento (puxa, qualquer coisa é motivo para desespero dessa galera, huhu…) e então o homem de fé é incubido de ser o Hunter (caçador, dããã…) do grupo. E não é pra menos, ele é um maluco armado e que se sente um só com a Ilha. Preste atenção nesse cara que ele desde aí começa a ver a Ilha como uma entidade. Sayid está encafifado com a transmissão e continua armando algumas engenhocas e planeja subir a montanha e descer a colina para captar mais sinais. Sawyer continua sacaneando a todos, ou não, ele só quer cuidar de seus próprios interesses, como qualquer um faria numa terra selvagem e bem, foi assim que ele aprendeu. Locke em seu FB é mostrado como um Gerente de Gerenciamento de Caixas, sim existe isso, e a intenção é mostrá-lo como um estrategista em sua mente (jogos de tabuleiro), mas que até ele chegar a ilha ele não andava.Sim, era paraplégico. E alguma coisa na Ilha o fez andar novamente. Saiyd verifica o rosto de uma mulher em uma foto com uma certa ternura. Esse episódio deixa uma curiosidade sem resposta: Teria John Locke visto o Monstro da Ilha cara a cara? E o que houve? O episódio termina dizendo que na Ilha tudo pode acontecer, até um careca aleijado (sem depreciação) virar um caçador foda e o outro lado da liderança. Uma nova chance, sim…

1×05 – White Rabbit
Jack de novo? OMG. Jack deixa alguém se afogar e caí na fossa. E aí é merda pra tudo que é lado. Vê seu pai na água de terninho Armani e é tido como louco pela Kate e os outros. Corre pelo mato que nem um javali com título de doutorado. Enfim, Jack em seu FB encontra seu pai morto, ou seja, como poderia ver ele pela Ilha? Seria uma perturbação por falta de sono e proteína no cérebro? Ou só um efeito colateral de Party of Five? Bem, o caixão está vazio. E ele encontra um lugar na floresta onde tem uma fonte com água potável e sombra, um refúgio nas cavernas. Cria-se aí o lado A e o B.

 1×06 – House of the rising sun 
Campeões não usam drogas. Charlie faltou a essa lição. Esse episódio pega fogo, mas não começa por ele. Kim enche a cara de Michael de bolacha (falei que ia pagar pelas peitolas) e depois de quase matar o único das cotas do seriado, além do filho, o grupo resolve prender o coreano até que se entendam porque atacou deliberadamente o pai de Walt.  O pessoal explora a caverna para ver se é segura, enquanto isso Locke descobre que o baixista da Drive Shift, Charlie, se droga mais que a Vanusa em véspera de jogo. Tem uma ceninha sem importância de Kate e Jack desnudando-se para fugir de abelhas e o FB chato de Sun e Kim. Ele vira um matador profissional da Yakuza ou algo que o valha para ficar com a coreaninha jeitosinha, afinal o pai dela que é o God Father. Michael descobre o mal entendido e banca o Jack Nicholson em o Iluminado libertando Kim com um machado. É um final de episódio bonito, Sun resolve não fugir de seu marido (destino) no FB dela, Charlie é testado por John a aguentar a pressão e Michael mostra pro Olho Puxado-San que não roubou nenhum relógio.  A flor que Sun ganha é um gesto bonito de redenção. Toca (o que é? Johnny Cash? Mas parece…). Rola um Boa Noite Vizinhança onde todos confraternizam na beira da fogueira. Bem bonito. Boa noite dona Clotilde, dorme com Deus Sr, Barriga…

Bom, é isso… Até a próxima, Namastê e…

TOMA RUMO GURI!!

Fantasia Nerd – Dilema…

Só pra não passar batido a coluna dessa sexta – to arrumando algumas coisas pro Layout do TRG -, vou postar uma imagem para inaugurar a sessão onanista do site. E não, não tem nada a ver com – Atenção para o caça paraquedista do Google – “Íris Valverde nua pelada sem roupa com a bunda amostra fazendo sexo com o noivo namorado cavalo pocotó filmado video caseiro”, não, bem longe disso… Mas obrigado pelas visitas mesmo assim, huhu…

Queria só postar uma imagem que mostra como um simples simbolo de cultura pop pode dar um valor diferente para algo que já é muito bom. Bom, tirem suas próprias conclusões…

E aí, nerdões? Na opinião de vocês o símbolo máximo das HQ’s dá um tom de fantasia ou só tapa as peitcholas?

Toma Rumo Guri!!